Histórico

Como falar de Ielmo Marinho se não falarmos um pouco de seu contexto histórico dentro do Rio Grande do Norte. A antiga população de Poço Limpo está localizada no agreste norte-riograndense, desde seus primórdios já detinha sinais de progresso devido suas terras serem boas para a produção agrícola e para a pecuária, pois está situado às margens do Rio Potengi.

Ao longo de sua história, o povoado de Poço Limpo fez parte de vários municípios tais como Natal, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e São Paulo do Potengi, onde sua emancipação se deu por meio da lei nº 2.909 de 27 de agosto de 1963, onde desmembrou de São Paulo do Potengi e passou a se chamar de Ielmo Marinho.

A decisão de escolher o nome Ielmo Marinho, vem a ser uma homenagem a um ilustre filho da terra, muito querido na localidade, que durante muitos anos dedicou-se á comunidade. O nome do município foi proposto pelo deputado Manoel Gurgel, em homenagem a um jovem líder desaparecido aos 25 anos. Sofrendo de doença incurável, desde os oito anos, Ielmo Marinho de Queiroz, percorria a cavalo o território, desenvolvendo invejável campanha no plano assistencial.

Segundo o censo de 2010 do IBGE, Ielmo Marinho tem uma população total residente de 12.171 habitantes, dos quais 6.276 são do sexo masculino e 5.895 do sexo feminino, sendo que 1.545 vivem na área urbana e 10.626 na área rural. Sua taxa de urbanização é de 12,7%, o que classifica Ielmo Marinho como um dos municípios menos urbanizado do estado. A densidade demográfica é de 39,01 hab/km². Possui 3.349 domicílios permanentes. Sua população residente de cor branca é de 2.975 pessoas; 202 de cor preta; 63 de cor amarela; e 8.931 de cor parda, e desse total 8.027 são alfabetizadas.

Com base no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), de Ielmo Marinho no censo de 1991 era de 0,458, de acordo com o último resultado do censo divulgado em 2011, o município obteve um aumento significativo, atingindo 0,590. O índice varia de zero até um, sendo considerado dessa forma, um índice mediano a nível nacional.

O município tem uma extensão de 313 km², está localizada na mesorregião do agreste Potiguar e na microrregião agreste potiguar, limitando-se com os municípios de Bento Fernandes, Taipu, Ceará-Mirim, São Pedro, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e Santa Maria. Sua distância em relação a capital é de 48 km e seu acesso à sede do município é realizado pela RN 064 que interliga com a BR406 e a IEM 030, que liga com a BR 304, dando acesso a municípios do estado.

O catolicismo é a religião predominante na região, existindo ainda o protestantismo em suas várias ramificações e adeptos de cultos africanos. O padroeiro é São Raimundo, e sua festa acontece no dia 31 de agosto. Além da Matriz, existem várias capelas espalhadas no interior do município.

Em relação a sua economia o município tem uma população economicamente ativa, principalmente no setor primário com pequenos sítios agrícolas, extrativismo vegetal e uma pecuária extensiva. No tocante da agricultura vale ressaltar a produção de cana de açúcar e em especial a produção de abacaxi, deixando Ielmo Marinho entre os maiores produtores do RN. Já as cerâmicas, a fabricação de confecções e a produção de leite bovino movimentam o setor secundário do município.

O artesanato local por meio dos recursos naturais do município como as fibras vegetais do sisal e do abacaxi, a madeira, o barro entre outros dão ao local um desenvolvimento no contexto cultural, além dos festejos típicos, causo e das provas de seus trovadores locais.

Ielmo Marinho possui um clima tropical chuvoso, verão seco e estação chuvosa adiantando-se para o outono, com período chuvoso de abril a junho, temperatura média anual em torno de 27,0ºC e umidade relativa média anual de 72%. Quanto à formação vegetalno município, a Caatinga é o bioma que predomina.

A sua vegetação característica é a Hipoxerófila de clima semi-árido apresenta arbustos e árvores com espinhos e de aspecto menos agressivo do que a Caatinga Hiperxerófila. Entre outras espécies destacam-se a catingueira, angico, juazeiro, braúna, marmeleiro, mandacaru, umbuzeiro e aroeira. De acordo com a última pesquisa realizada pelo IDEMA em 2008, os solos predominantes da região são: PlanossolSolódico e Podzólico Vermelho Amarelo Equivalente EutróficoAbrúptico. O município possui menos de 100 metros de altitude.

O município de Ielmo Marinho possui 85,07% de seu território inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Potengi e 14,93% na bacia hidrográfica do Rio Doce, sendo banhado pela sub-bacia do Rio Potengi. Seus principais afluentes são o Rio Camaragibe e os Riachos da Telha, do Meio, Salgado e Pedra Branca. Não existem açudes com capacidade de acumulação igual ou superior a 100.000m, existindo como principais corpos de acumulação, as lagoas: da Jurema, Timbaúba, de Dentro, Capivara e dos Doidos. Todos os cursos d’ água tem regime intermitente e o padrão de drenagem é o dendrítico.

A distribuição da água é através do Sistema Adutor Agreste/Trairi/Potengi, que tem como objetivo o abastecimento humano e dessedentação animal. Também conhecido como Adutora Monsenhor Expedito, o sistema possui uma extensão total de 316 km, a captação da água é feita no Sistema Lacustre Bonfim, localizado no município de Nísia Floresta e possibilita uma vazão total de 452,32 l/s ou 1.628,35 m³/h.

Além da sede municipal, Ielmo Marinho conta com importantes distritos e comunidades, segundo o IBGE: Canto das Moças, Tamuatá, Quermissol, Papagaio, Riacho do Meio, Umari, Vila Marina, Riacho Salgado, Nova Descoberta, Chã do Moreno, Boa Vista, Espinheiro, Telha A e B, Oiticica, Alegria, Pororocas, Laginha, Serrote Coberto, Pacavira, Boa Esperança, Capivara, Fazenda Nova, Fazenda Potengi, Jacú, Assentamento Lagoa Nova I e II, Assentamento São Sebastião III, III e IV Assentamento Roseli Nunes, Ramadas I, II, IV e V, Marcoalhado II e III e Marighela.

Autor: Gustavo dos Santos Fernandes

Mobile Sliding Menu

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support